Opiniões, Temas de Reflexão...Textos, Mensagens e Afins...
Quinta-feira, 26 de Maio de 2005
"Pedaços de mim"...

Mozart.jpg


Que os pedaços de mim, 
que trago no medo do tempo, não escureçam 
o meu viver e nem ceguem o que sei.
Peço à vida que não me negue a condição 
de aprender e tampouco me deixe morrer 
a vontade de errar.

Que os pedaços de mim possam se unir na 
alegria da noite abrigando a inquietude 
de cada gesto refletido à luz de todo dia.
Que vivam os momentos! 
Se não, aquele que sei contido em toda 
palavra trocada no peito abrasado. 

Que os pedaços de mim busquem a todo instante 
cada parte de você, seja entregue no querer 
ou simplesmente descoberta em cada desejar.
Indolente na presunção de ser me perco e, 
mesmo assim, mergulho no orgulho e me nego 
nas verdades encontradas por onde passei.

Que os pedaços de mim tragam, a seu tempo, 
toda a carícia do espírito poeta, eternizado 
a cada letra desenhada no coração apaixonado.
Que todo passo construído oriente, em si, o 
caminho desse horizonte sem fim e, no fim de 
tudo, possa recomeçar.

Que os pedaços de mim, espalhados na terra, 
floresçam com simplicidade na sabedoria de crescer.
Que eu, mesmo desencontrado no alvorecer de minhas 
causas, deixe por legado os frutos colhidos no contexto 
das palavras forjadas na emoção.

Que os pedaços de mim, reunidos no que acredito, 
encontrem, na paz de teu abraço, a luz dos meus 
sonhos mais saudosos.
E, assim, não mais dividido, viver a vida sem que 
pedaço algum seja mais de mim ou de você, mas um 
em cada pedaço de nós.


 

                                                     *Poema de Mozart*

 

"Não acreditem em tudo que escrevo, apenas em voce e seu coração"

 

*Celina*


publicado por Carlos Afonso às 02:23
link do post | comentar | favorito
|

12 comentários:
De Anónimo a 28 de Maio de 2005 às 13:23
Olá! Que os «melhores» pedaços de mim sejam repartidos por todos os que visitam o meu blog incluindo você. Obrigada pela mensagem nas minhas «vozesdomar». beijos, bigabiga
(http://vozesdomar.blos.sapo.pt)
(mailto:mgjcalmeida@sapo.pt)


De Anónimo a 28 de Maio de 2005 às 00:58
Grandes palavras para grandes momentos. E antes fosse que a vida "fosse" feita de poemas, assim as palavras soariam sempre tão belas que não saberiamos viver sem as acreditar...bjFilipa
(http://vidamarela.blogs.sapo.pt/)
(mailto:filipa.patricio@iol.pt)


De Anónimo a 27 de Maio de 2005 às 16:44
LOl Neco! São as Luas amigo, são as Luas!!! Um abraço...Carlos.Carlos Afonso
</a>
(mailto:carlosacafonso@hotmail.com)


De Anónimo a 27 de Maio de 2005 às 11:13
Oi,

Visitem o meu blog de ilustração que serve ao mesmo tempo de portfólio.

www.manuelmorgado.blogspot.com

Graciasmanuel morgado
(http://www.manuelmorgado.blogspot.com)
(mailto:m.f.morgado@gmail.com)


De Anónimo a 26 de Maio de 2005 às 22:01
Hummmm....de uma piada passas ao drama...Bem isto está a mudar!!!LOL ;-)Neco
(http://www.imgay.blogs.sapo.pt)
(mailto:ccbaixinho@hotmail.com)


De Anónimo a 26 de Maio de 2005 às 20:22
Ora essa, Isa, o prazer foi meu, és uma miuda impecavél, e muito divertida! Já á algum tempo que não me ria assim! LOL! Aparece sempre amiga! Um beijito aqui do "Kota"...Carlos.
P.S.:É assim que se escreve Kota??? LOL!!!Carlos Afonso
</a>
(mailto:carlosacafonso@hotmail.com)


De Anónimo a 26 de Maio de 2005 às 19:12
bem n queria ir embora sem deixar aqui mais um comentáriozito, gostei muito deste poema, e também adorei falar contigo és um tipo todo porreiro, beijos ate a próxima...
isa
(http://www.isablogs.blogs.sapo.pt/)
(mailto:isa_dart@sapo.pt)


De Anónimo a 26 de Maio de 2005 às 16:25
Acabei de te adicionar aos meus contactos do Hotmail,
queria te agradecer-te os comentários, pessoalmente, mas como não estavas, e não quero ser abelhuda, voltei a eliminar-te, e sendo assim agradeço por aqui muito obrigada pelos comentários, assim que acabar de colocar coisas no meu blog vou ler o teu e deixar também mais comentários, beijos
isa
(http://isablogs.blogs.sapo.pt/)
(mailto:isa_dart@hotmail.com)


De Anónimo a 26 de Maio de 2005 às 13:07
Um belo poema para aquele que foi um génio musical de todos os tempos, e que muito sinceramente desconhecia esta sua faceta poética. Mozart, habituou-nos e pode-se mesmo dizer que nos ensinou a escutar a música naquilo que ela tem de mais esplendor. A melodia estonteante da Flauta Mágica e das Bodas de Fígaro entre muitos outros exemplos são reflexos da perfeição musical do compositor, que certamente, como menciona no seu poema, a excelência do génio da sua musica está repartido em pedaços por esse mundo fora. É sempre um prazer vir aqui ao cantinho do Carlos nem que seja para agradecer as suas simpáticas visitas no Dominio assim como poder desfrutar um pouco da qualidade que por aqui se publica.Humberto
(http://DominiodosAnjos.Blogs.sapo.pt)
(mailto:Humbertothewizard@Hotmail.com)


De Anónimo a 26 de Maio de 2005 às 09:39
Se cada pedaço de mim fossem lançados ao vento, seria então livre! Se cada pedaço de mim fossem colhidos como raios de sol, então minha alma seria completa!! Lindo poema! Beijomadalena
(http://madalena.blogs.sapo.pt)
(mailto:madalena_ruiva@sapo.pt)


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Só para mantêr o Blog ati...

Feliz Natal e Feliz Ano d...

Olá Meus Caros(as)!!

Olá aos Amigos(as)!!

Felizes Páscoas!!

Feliz Natal a Todos(as) A...

2 Esclarecimentos!!

"CAPITALISMO"...

Tudo a Entrar nos "Eixos"...

Agradecido/Esclarecimento...

arquivos

Março 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Junho 2008

Março 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

links
Música - Ivete Sangalo
Contador de Visitas
Horas: Belém - Brasil
as minhas fotos
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds