Opiniões, Temas de Reflexão...Textos, Mensagens e Afins...
Domingo, 19 de Junho de 2005
Há Palavras que nos Beijam
casalbeijando.jpg

Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca,
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperança louca.
Palavras nuas que beijas
Quando a noite perde o rosto,
Palavras que se recusam
Aos muros do teu desgosto.
De repente coloridas
Entre palavras sem cor,
Esperadas, inesperadas
Como a poesia ou o amor.
(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído,
No papel abandonado)
Palavras que nos transportam
Aonde a noite é mais forte,
Ao silêncio dos amantes
Abraçados contra a morte.

Alexandre O'Neill
***************
Carla Giovana



publicado por CACAfonso às 00:37
link do post | comentar | favorito

8 comentários:
De Anónimo a 19 de Junho de 2005 às 22:24
As palavras ganham magia na boca de quem ama, viram lagrimas naquele que sofrem, são pedras que magoam ou flores oferecidas com amor... Beijomadalena
(http://madalena.blogs.sapo.pt)
(mailto:madalena_ruiva@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Junho de 2005 às 17:59
As palavras tb podem ferir como punhais, como dizia a n/ querida poetiza Florbela Espanca. A maior parte das vezes o segredo está na forma como as dizemos. E outras vezes: palavras para quê???!!!mocho
(http://)
(mailto:mvilamoura@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Junho de 2005 às 17:49
Houve quem já dissesse que as palavras são mais fortes que as espadas. Eu julgo que sim. As palavras são a voz do nosso pensar, e são expressões máximas da nossa personalidade. Elas na sua simplicidade ou complexidade, dão côr e modelam a forma da nossa atitude perante tudo o que nos rodeia. São elas que matrializam a nossa vasta criatividade, concretizam o sonho de uma vontade firme e determinada. Elas são o instrumento previligiado com que reproduzimos o que sentimos, e são tambem elas que fazem sentir em outros, a nossa mais leve sensibilidade, o mais puro dos sentimentos e a mais amável das emoções. Carlos é fantástico este artigo do Alexandre O'Neil, e este é um espaço rico em palavras e para mim um dos melhores de toda a Blagosfera, pois do que serve a um individuo(Blog) ter uma agradável aparência(gráfica)se não sabe soltar as palavras da sua boca(escrita)? HumbertotheWizard
(http://DominiodosAnjos.Blogs.sapo.pt)
(mailto:Humbertothewizard@Hotmail.com)


De Anónimo a 19 de Junho de 2005 às 12:38
Existem tres coisas na vida que não podem ser voltadas atrás....A oportunidade perdida...A flecha lançada....A palavra proferida...
Lindo o texto Carla. Bom domingo.
Beijos
*Celina*Celina
</a>
(mailto:celinazabotto@terrra.com.br)


De Anónimo a 19 de Junho de 2005 às 11:30
Bonita poesia, adorei mesmo...não conhecia!Fikem bem...Bom domingo!AbraçosNeco
(http://www.imgay.blogs.sapo.pt)
(mailto:ccbaixinho@hotmail.com)


De Anónimo a 19 de Junho de 2005 às 10:35
Também há palavras que "matam".........por isso a maioria das vezes é melhor seguir está máxima.O silêncio é de ouro.....abraços e bom Domingoaurora
(http://amareiavida.blogs.sapo.pt)
(mailto:ansboa@mail.com)


De Anónimo a 19 de Junho de 2005 às 10:35
Também há palavras que "matam".........por isso a maioria das vezes é melhor seguir está máxima.O silêncio é de ouro.....abraços e bom Domingoaurora
(http://amareiavida.blogs.sapo.pt)
(mailto:ansboa@mail.com)


De Anónimo a 19 de Junho de 2005 às 01:57
Bela escolha, Carla! Bonita poesia de mais um grande poeta! Beijos...Carlos.Carlos Afonso
(http://carlosacafonso.blogs.sapo.pt)
(mailto:carlosacafonso@hotmail.com)


Comentar post