Opiniões, Temas de Reflexão...Textos, Mensagens e Afins...
Quinta-feira, 28 de Abril de 2005
A fala da Morte...
ag07-002.jpg
Um dia, um mercador, em Bagdade, enviou o seu servo ao mercado para comprar mantimentos e o servo regressou quase a seguir, lívido e a tremer e disse,:" Senhor, estava agora mesmo no mercado, e uma mulher no meio da multidão chocou comigo e quando me virei vi que era com a Morte que eu tinha acabado de chocar! Ela olhou para mim e fez um gesto ameaçador! Empreste-me, pois, o seu cavalo e eu fugirei da Cidade para evitar o meu destino. Irei para Samarra e, aí, a Morte não me encontrará!."
O mercador emprestou-lhe o cavalo, o servo montou-o, cravou-lhe as esporas nos flancos e lá foi ele, tão rápido quanto o cavalo podia galopar!
Então, o mercador desceu ao mercado e viu-me entre a multidão, e chegou ao pé de mim e disse-me:" Porque é que fizes-te um gesto ameaçador, ao meu servo, quando o viste esta manhã?"-" Não era um gesto ameaçador, retorqui, era apenas um sobressalto de surpresa! Estava espantada de o ver em Bagdade, quando tinha combinado com ele um encontro para esta noite, em Samarra!!!".

-Texto de W. Somerset Maugham.-

Podemos nós fugir ao Destino? Existe ou acreditam no conceito Destino?... Deixo o tema no ar, para quem quiser opinar...se algúem quiser...

Carlos Carreira Afonso. - (sim sou eu, na foto, só que ainda tinha cabelo, LOL!!!)-.


publicado por CACAfonso às 04:36
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Anónimo a 29 de Abril de 2005 às 02:31
olá caro amigo! vi o teu mail e consegui entrar no site.. muito interessante, lol... na minha opinião~, não vale a pena fugir à morte, pois acabamos sempre por encontrá - la, seja num sitio ou noutro. temos sim que viver a vida moderadamente, sem nos precuparmos na morte, mas sempre com a consciência que devemos dar valor ao nosso dia a dia, pois é a única coisa que temos realmente certa: o momento. um abraço
</a>
(mailto:)


De Anónimo a 28 de Abril de 2005 às 18:57
...às vezes pensamos que podemos mudar o destino... iludindo-nos a nós próprios...
é uma forma de acreditarmos que somos donos do nosso próprio destino... repare-se que acreditar na existencia de um destino não é ser péssimista... o destino também nos reserva ou pode reservar momentos positivos...
...Tás com uma produção de artigos que é obra...
qunto ao link ... podes pô-lo por ordem alfabética... não sou mestre de coisa nenhuma...
FORÇ'AÍ!...
jsjs
(http://politicatsf.blogs.sapo.pt)
(mailto:jfsilvasousa@hotmail.com)


De Anónimo a 28 de Abril de 2005 às 09:35
a vida tem os seus segredos sim e acho que as coisas ou coincidencias que nos acontecem não são por acaso. se acredito no destino? ainda não sei, apenas sei que há alturas em que acredito outras acho que podemos sim mudá-lo. Vim aqui por acaso e gostei muito
sofialisboasofialisboa
(http://sofialisboa.blogs.sapo.pt/)
(mailto:sofialisboa@hotmail.com)


Comentar post