Opiniões, Temas de Reflexão...Textos, Mensagens e Afins...
Domingo, 4 de Fevereiro de 2007
E... Sobre o Aborto...

 Viva... Caros(as) Amigos(as), depois de longa pausa e de muito ter lido, sobretudo lido, o que se vai "dizendo" e escrevendo sobre o Referendo e a questão da despenalização do Aborto, estou de volta!! Diga-se de passagem que esta questão é um tanto ao quanto delicada para mim por motivos pessoais!! Passo a esclarecer... vou contar-vos uma história da Vida real... Algures pelo Verão passado estando eu em casa a preparar-me para vêr mais um jogo do Campeonato Inglês, num Sábado pela manhã... toca o celular! Até aí tudo normal, era a minha esposa a dizer que estava grávida, que o segundo Beta HCG confirmava a gravidez e estando ela acompanhada com o meu sogro que me aguardavam para almoçar num dos restaurantes do Shopping, em "jeito de comemoração"!! Um misto de emoções e sentimentos me passou pela mente, confusão, ansiedade, vontade de explodir de alegria, bradar aos Céus, até responsabilidade, entre outras!! Imaginem só... RESPONSABILIDADE!! A mim!!... Mas uma sensação sobretudo de uma imensa ALEGRIA, maturidade e de algo que completava a minha vida...e era apenas uma notícia de gravidez, nem era a dizer que já era pai e que o bébé tinha nascido bem!! Fiz a barba mais rápido que alguma vez tivera feito e "ala", a caminho ao encontro deles...

Já com umas 10 a 11 semanas de gestação, a minha esposa teve um aborto espontâneo e involuntário!! Pareceu-me o Mundo ruir, depois de todas aquelas ultrassonografias intravaginais a 3D com imagens de uma nitídez perfeita, tudo monitorizado onde se conseguem detectar pormenores inimagináveis!! Sim perfeita, que aqui (no Brasil), apesar de muita porcaria, em alguns campos estão bem avançados!! Bom... ainda se seguiram os procedimentos médicos á risca na esperança de "segurar" o bébé, mas infelizmente foi em vão... Hoje falo disto, fora do meu círculo de Amizades "físicas", pela primeira vez!! Na altura custou a "digerir"... mas faz parte da Vida...

Agora não vou maçar-vos mais a estar para aqui a "dar uma" de pedante, pois tenho as minhas convicções, respeito as dos outros e não vou armar-me em "carapau de corrida" e tentar dissertar sobre as posições contra ou a favor, pois para isso já bastam os entendidos e os pseudo-cérebros que por aí andam!! Gostava sim de Vos pedir por uns momentos, que esquecessem sobretudo as inerências políticas, religiosas e económicas talvez desta questão, e olhassem para a "Questão": "Concorda com a despenalização da interrupção voluntária da gravidez, se realizada, por opção da mulher, nas primeiras 10 semanas, em estabelecimento de saúde legalmente autorizado?"... Que me dizem?? Sem ideologismos político-religiosos á mistura, não parece mais simples, (apesar de complicada)?? Pelo que sei o aborto já é legal em várias circunstâncias em Portugal!! Será que duas semanas a mais ou a menos fazem alguma diferença?? Pensem nisto de um ponto vista puramente humanista e de valorização daquilo que somos... Seres Vivos!! Não sou juíz nem carrasco de ninguém, sou até a favor do Princípio Constitucional da Igualdade... mas em Tudo!! Porquê por opção da mulher apenas?? Dir-me-ão...porque nós é que os carregamos no corpo e nós fazemos com o nosso corpo o que entendemos!! Sim, desde que não utilizem o corpo como um saco de descarga de esperma e não haja noção de responsabilidade!! Isto vale também para os Homens, não é só meter o pirilau e "adiós" que se engravidaste o problema é teu!! Muitas e muitos de Nós acredito que já tenhamos visto um feto, embrião como lhe desejem chamar com 10 semanas num ultra-som em 3D, mas muitos também nunca viram e falam da boca para fora, ora é diferente vêr uma ecografia normal (onde realmente mal dá para distinguir), duma ultrassonografia avançada e isso é como o tamanho... conta e muito (não em tudo na Vida), mas quem já teve oportunidade de vêr através de tecnologias avançadas um feto de 10 semanas me dirá a diferença!! Depois vem "o estabelecimento de Saúde legalmente autorizado"... é uma nova forma de anti-conceptivo?? Podiam ter-lhe posto um nome mais fácil ou mais pequeno!! Devo ressalvar que a ganhar o sim sempre é preferivél por questões de segurança e higiene de quem opta por essa prática!! Daqui a pouco estou a não resistir e acabo por entrar em campos que prometi não me meter!! Por isso imaginem que o Homem é o único titular da conta lá de Casa, e lhe passa pela cabeça de gastar 500 euros nas "putas" por semana... a mulher não teria direito a dizer nada de sua razão?? Certamente que sim!! Imaginem um Referendo assim: "Concorda que o Homem titular da conta do casal lá de Casa gaste 500 euros nas "putas", por semana, desde que aufira um salário superior ao montante gasto, e que seja em bordéis oficialmente reconhecidos como tal e com aval do Ministério da Saúde?"... Era lindo, não era?? Esta "analogia", foi para reflectirem aqueles e aquelas que assim o desejem (incluído eu), sobre os direitos dos seres humanos, não só enquanto membros de uma comunidade, de um casal, de um casal de namorados etc... a velha história das liberdades de uns acabarem onde começam as dos outros e vice-versa, tal como os direitos, os deveres, a moralidade, os princípios etc... Isto para que não me julgassem as Mulheres que estou contra elas!! He He!! Agora só para terminar, imaginem estas duas situações, a do Referendo verdadeiro e a do Referendo falso inventado por mim... e agora cada um enquanto ser humano, Homem ou Mulher... Imaginem que acontecia com... VOCÊS...!!

Posso dizer que sou contra esta despenalização, apesar de ser Socialista e ter recebido vários convites para colóquios, sessões de esclarecimento do meu partido etc..., aos quais não fui por razões óbvias de um Oceano de distância... Acrescento ainda que reconheço alguns argumentos válidos de ambos os lados, limito-me a manter a política fora disto e a minha posição vai de encontro com convicções e experiências pessoais... Seja a opção que venha a vencer que seja por bem e em prol de melhorias e benefícios para esta sempre polémica questão!!

Nota: Imagem com embrião de 10 semanas "tirada" da Gineco.com.br, facultada pelo Dr. Sérgio dos Passos Ramos.

Carlos Carreira Afonso.



publicado por CACAfonso às 05:12
link do post | comentar | favorito

39 comentários:
De aa a 26 de Março de 2010 às 14:44
dd


De Mário Santos a 26 de Março de 2010 às 16:43
"O que está aqui em questão é a discussão de uma vida, todos os seres têm o direito de viver. Para quem não quer engravidar, existem e sempre existiram vários tipos de contraceptivos, bastas os parceiros se prevenirem aquando nas suas relações sejam elas ocasionais ou premeditadas. Um casal que tenha duvidas, deve efectuar uma consulta de planeamento familiar, não existem mais desculpas para o descuido ou erro de uma noite, com um simples gesto, a prevenção resolverá inúmeros problemas. Agora quem quer que seja descuidado propositadamente, e depois pense que resolverá o seu problema com a interrupção da gravidez, creio que seja incorrecto."


De AMGI a 27 de Abril de 2010 às 21:13
VOCÊ ESTÁ GRÁVIDA E NÃO SABE O QUE FAZER ???
ENTRE EM CONTATO CONOSCO PELO TELEFONE 31 25518525/ 31 25522799
SITE: www.amgi.org.br


De Ivo Santos a 11 de Junho de 2010 às 23:39
Da mesma forma como a confirmação ou a recusa ao aborto é uma questão pessoal, falar de aborto tbm é. Depende de cada caso.Eu, pessoalmente, sou contra o aborto, pois, querendo ou nao, é um assassinato, já que está tirando a vida de um ser humano, e o pior: a vida de um ser que ano tem a capacidade de se defender, nao tem estruturas o suficiente para isso. Contudo, varia de caso em caso como já foi mencionado. Por exemplo, em caso de estupro, já existe uma dificuldade muito grande da pessoa que sofre tal ação repugnante de se reabilitar psicologicamente, e algumas delas, nao conseguem nem sequer pensar em ter o filho, por isso, cometem tal prática. Enfim, é uma questão muito subjetiva, que nao pode ser submetida a um único criterio de avaliação.


De P.A. a 13 de Julho de 2010 às 09:50
A propósito do aborto, achei este vídeo que dá bastante que pensar... http://www.pauloadriano.com/blog/?p=464 (http://www.pauloadriano.com/blog/?p=464)


De Carla Santos a 28 de Julho de 2010 às 16:45
O Aborto é um tema realmente muito polémico, na minha opinião quando são
detectados problemas durante a gravidez de má formações ou deficiência no
feto, não vejo porque trazer ao mundo uma criança que nunca irá ter qualidade
de vida, irá sofrer e fazer sofrer todos aqueles que a amam. Até mesmo
dependendo dos casos, por vezes são abandonadas e mal tratadas. Quantos
casos existem de crianças que não são desejadas pelos pais e depois são
maltratadas, espancadas e por vezes até acabam mortas. Por que razão uma
mulher deve levar adiante uma gravidez, fruto de uma violência (abuso sexual).
No caso de a gravidez seja por descuido, já existem 1001 maneiras diferentes
para a mulher se prevenir, existem vários tipos de contraceptivos, para que a
mulher não fique grávida. Como, por exemplo, a pílula existe em vários centros
de saúde e é gratuita e ainda existe a pílula de dia seguinte para ser usada em
último recurso.
Sabemos pois, que a Igreja Católica toma uma posição de condenação, em
qualquer estágio e em qualquer circunstância, permanecendo até hoje como
opinião e posição oficial. Com a encíclica Matrimónio cristão de Pio XI em
1930, ficou determinado que o direito à vida de um feto é igual ao da mulher, e
toda a medida anticoncepcional foi considerada um "crime contra a natureza"
excepto os métodos que estabelecem a abstinência Sexual para os dias férteis.
A punição que a igreja católica dá a quem faz o aborto, é a excomunhão.
Legalmente, hoje o aborto é permitido como está descrito na alínea e) do n.º
1 do artigo 142.º do Código Penal em Portugal que permite a interrupção da
gravidez até às 10 semanas a todas as mulheres grávidas que o solicitem,
desde que realizado em estabelecimento de saúde oficial ou oficialmente
reconhecido. A interrupção da gravidez deixou de ser vista como um crime,
sendo assim legalizada, dando o direito à mulher de decidir, salvo no caso de
ser psiquicamente incapaz.


De ines a 25 de Outubro de 2010 às 19:30
http://www.aquiloparaondenaoseolha.blogspot.com/


De LUIS a 16 de Novembro de 2010 às 23:06
É INCRIVEL A MANEIRA QUE OS HOEMENS ESTÃO A SER DESCRIMINADOS... AS MULHERES SE QUISEREM TER UM BÉBÉ TEM NO E OS HOMENS SÃO OBRIGADOS A ASSUMIR, NÃO TEM VOTO SÓ SERVEM PARA PAGAR A PENSÃO DE ALIMNENTOS... AS MULHERES SE QUISEREM ABORTAR ABORTAM, NEM QUE SEJAM COMO CONTRACEPÇÃO, NEM QUE O MAIOR SONHO DO HOMEM FOSSE TER ESSE FILHO.... AINDA FALAM DA DESCRIMINAÇÃO DAS MULHERES, DA MANEIRA QUE ISTO VAI, MAIS MEIA DUZIA DE ANOS E OS HOMENS SÃO ESCRAVOS... ALEM QUE UMA PESSOA COM O SEU PERFEITO ESTADO MENTALE COM UMA DOENÇA TERMINAL NÃO PODE POR FIM A VIDA, E É ELE QUE QUER DE LIVRE VONTADE... MAS UM BÉBÉ INDEFESO ESSE JÁ SE PODE MATAR, NÃO PROTESTA... ISTO METE ME NOJO... MAS DEUS ONDE ESTÁ NÃO DORME, CERTAMENTE TODOS IREMOS PAGAR UM DIA... A MINHA PERGUNTA É , PORQUE A M ULHER NÃO TEM O FILHO E DEPOIS O DÁ PARA ADOPÇÃO E O ESTADO ASSUME O SEU PAPEL, ISTO SE O PAI NÃO O QUISER.... É A VERGONHA DA SOCIEDADE A PODRIDÃO DO VALORES, FOI A UNICA VITORIA DO SOCRATES... POIS NEM CORAGEM DE FAZER UM REFERENDO TEVE....


De in a 6 de Dezembro de 2010 às 22:00
http://www.aquiloparaondenaoseolha.blogspot.com/


De Manuel a 2 de Junho de 2011 às 21:32
Abortar em caso de violação é como matar o filho quando o pai é que é um assassino.

Lembrem-se, o bebé NUNCA tem culpa.

http://osumeposum.blogspot.com/


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Só para mantêr o Blog ati...

Feliz Natal e Feliz Ano d...

Olá Meus Caros(as)!!

Olá aos Amigos(as)!!

Felizes Páscoas!!

Feliz Natal a Todos(as) A...

2 Esclarecimentos!!

"CAPITALISMO"...

Tudo a Entrar nos "Eixos"...

Agradecido/Esclarecimento...

arquivos

Março 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Junho 2008

Março 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

links
as minhas fotos
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds